Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
Notícia
Bahiana realiza V Seminário de Iniciação Científica
Atividade on-line contou com a participação de estudantes de ensino médio e de graduação.
Pesquisadores, professores, estudantes de graduação e de ensino médio participaram do V Seminário de Iniciação Científica, promovido pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública e realizado on-line, no dia 10 de setembro, via plataforma Zoom. O encontro teve como objetivo promover um momento de reflexão sobre a pesquisa e trazer atualizações sobre o funcionamento do programa. Estiveram presentes o pró-reitor de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação Stricto Sensu da Bahiana, Dr. Atson Fernandes, o coordenador do Centro de Neurociências da Bahiana, Dr. Bernardo Galvão, a presidente do Comitê de Iniciação Científica da Bahiana, Dra. Thais Calasans, a  coordenadora do Núcleo de Inovação Tecnológica e do Núcleo de Pesquisa em Saúde (NIT/NUPS), prof.ª M.e. Fernanda Ferraz, a gestora acadêmico-pedagógica da Pós-Graduação Stricto Sensu da Bahiana, prof.ª M.e. Sylvia Passos, o coordenador do Núcleo de Pesquisa e Inovação, Dr. Amancio Souza, e o coordenador do curso de Educação Física, Clarcson Plácido, na ocasião representando os coordenadores dos demais cursos de graduação, além de professores de todos os cursos da instituição.

Durante o evento, foi apresentada aos estudantes a sala da Iniciação Científica da Bahiana no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), onde poderão ser encontradas informações sobre os programas de iniciação científica da instituição.

Também estiveram presentes representantes de instituições parceiras dos programas de Iniciação Científica da Bahiana, a exemplo do Dr. Handerson Leite (Fapesb), Queila Borges (Hospital Cárdio Pulmonar), Isabel Virgens, Ianê Barbosa e Ricardo Fernandes (CJCC) e Genisson Silva Coutinho e Vinicius Dias (Algetec). Além de bolsas de pesquisa, as parcerias também viabilizam infraestrutura e tecnologia para a prática da ciência na instituição.

"Todos esses trabalhos com as parcerias são de desenvolvimento tecnológico, e já estamos utilizando nesse momento da pandemia. São produtos que resultam em uma ciência viva e aplicada", destacou Atson Fernades. Entre os produtos, Genisson Silva Coutinho citou os laboratórios virtuais de anatomia, microbiologia e bioquímica que estão sendo utilizados por alunos e professores da instituição.

Palestra
O ponto principal do encontro foi a palestra proferida pelo ex-aluno do curso de Biomedicina da Bahiana Caíque Costa que dividiu com os estudantes suas experiências desde o momento em que decidiu pelo curso Biomedicina, passando por suas diversas tentativas para realizar pesquisa ainda na graduação, até o momento presente, em que se encontra no doutorado na Universidade de Tulane, em Nova Orleans – Estados Unidos. Sobre suas dificuldades e barreiras vencidas, Caíque deixou uma mensagem especial para os estudantes da Iniciação Científica: "Às vezes, quando estamos com uma ideia fixa na cabeça, não conseguimos expandir nossos horizontes".

Para finalizar, o prof. Dr. Bernardo Galvão ressaltou a carreira de sucesso de Caíque: "Ele é um exemplo para todos que estão começando, pois devemos persistir. E nada é fácil. Cada vez mais, a Bahiana mostra o que é ser Bahiana. Por isso, temos o slogan 'Orgulho de ser Bahiana'".