Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
Notícia
INFORMAÇÕES PRELIMINARES SOBRE O PROCESSO SELETIVO FORMATIVO 2009.2
#

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

CURSO DE MEDICINA

O Processo Seletivo Formativo 2009.2, para o curso de Medicina, será realizado seguindo o mesmo conceito do Processo Seletivo Formativo 2009.1 para os cursos de Terapia Ocupacional, Psicologia, Fisioterapia, Biomedicina, Enfermagem e Odontologia, mas levando em conta suas especificidades.

PRESSUPOSTOS BÁSICOS

São pressupostos básicos deste novo Processo Seletivo:

  1. Selecionar candidatos com perfil mais adequado à natureza e à concepção do Curso de Medicina da Bahiana, adotando nos instrumentos de avaliação um conceito mais prospectivo, sem perder de vista a necessidade de trabalhar com os atributos de uma avaliação retrospectiva quanto aos conhecimentos, habilidades, competências e atitudes trabalhadas dos níveis anteriores de escolaridade dos indivíduos submetidos ao Processo Seletivo Formativo.
  2. Ampliar a credibilidade e a confiabilidade do Processo Seletivo Formativo, com o objetivo de alinhar este Processo aos princípios pedagógicos da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, uma instituição tradicional, mas contemporânea, que privilegia a excelência de ensino, na formação dos seus alunos.
  3. Realizar um Processo Seletivo Formativo em duas fases, sendo que a segunda fase se subdividirá em dois momentos específicos, valorizando as diversas competências dos candidatos (cognitivas, emocionais, sociais, comunicacionais), além de validar a identificação do candidato com a área da Saúde.

NOVO MODELO

O novo modelo do Processo Seletivo Formativo para ingresso de candidatos ao Curso de Medicina apresenta uma arquitetura acadêmica construída por duas fases avaliativas:

1ª FASE – 28 DE JUNHO DE 2009 (DOMINGO)

PROVA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS GERAIS CONTEMPORÂNEOS
, nas quatro áreas do conhecimento:

1. Linguagens (Língua Portuguesa);

Obs.: No Processo Seletivo Formativo 2009.2, para o curso de Medicina, não serão apresentadas questões de Inglês e Espanhol. Entretanto, informamos que, a partir do Processo Seletivo Formativo 2010.1, serão incluídas apenas questões de Inglês.
2. Ciências Humanas e Atualidades (História e Geografia);
3. Ciências da Natureza (Física/Química/Biologia);
4. Matemática.

A PROVA OBJETIVA terá 30 (trinta) questões de múltipla escolha, elaboradas a partir de um eixo temático, tratando os conteúdos das disciplinas estudadas ao longo da escolarização básica de forma integrada, transversal e transdisciplinar, cujo objetivo é avaliar as habilidades e competências cognitivas desenvolvidas pelo candidato, além de avaliar a capacidade de compreender, analisar, estabelecer correlações e fazer inferências com clareza, objetividade e coerência.

Poderão ser contemplados, nesta prova, temas como: biodiversidade, ecologia, novos mapas sócios e geopolíticos, arte e filosofia, políticas públicas, educação, habitação, saúde e segurança, redes sociais e sustentabilidade (setor público, privado, terceiro setor), relações interpessoais (respeito, cuidado, consideração e convivência), vida urbana e rural, inclusão x exclusão (inclusive digital), cidadania, diversidade, violência, terrorismo, avanços tecnológicos e relações de trabalho.

Esta fase da seleção tem caráter eliminatório e classificatório e o resultado obtido pelo candidato o habilita para a 2ª FASE, após a aplicação da padronização e do ponto de corte de 1 Desvio Padrão abaixo da média aritmética dos candidatos presentes à prova, até o limite de três candidatos por vaga oferecida para o Curso. Na avaliação da PROVA OBJETIVA, o escore padronizado tem média igual a 500 (quinhentos) e desvio padrão igual a 100 (cem).  Esta PROVA OBJETIVA terá peso 10,0 (dez).

O candidato poderá optar por utilizar o resultado da avaliação do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM, nesta 1ª FASE, passando a PROVA OBJETIVA a ter peso 8,0 (oito) e o resultado do ENEM, peso 2,0 (dois). Podem ser usados os resultados do período compreendido entre 2005 e 2008, desde que o candidato tenha alcançado, no mínimo, 40% de acerto na Nota Final no ENEM. Ele deve informar o seu número de inscrição no ENEM, ao preencher o REQUERIMENTO DE INSCRIÇÃO, o que funcionará como autorização para seu uso.


2ª FASE - 05 E 06 DE JULHO DE 2009 (DOMINGO E SEGUNDA-FEIRA)

Esta fase será constituída por dois momentos distintos, complementares e obrigatórios, um de caráter vivencial e outro constante de uma redação e uma prova com questões discursivas.

PRIMEIRO MOMENTO - 05 DE JULHO (DOMINGO)
Serão realizadas atividades em ambientes de aprendizagem próprio ao desenvolvimento da prática médica, com a promoção de:

  1. Discussões e reflexões sobre as situações ali vividas e sua relação com a prática profissional;
  2. Atividades socializadoras e integradoras nas quais o candidato poderá evidenciar habilidades interpessoais, senso estético, atitudes éticas, capacidade crítico – reflexiva, capacidade de planejar e de executar tarefas, além de exercitar valores humanos básicos e imprescindíveis à saudável convivência humana, a exemplo de respeito, solidariedade, cooperação, cuidado, numa perspectiva de aproximação com o mundo profissional.

As atividades deste PRIMEIRO MOMENTO serão realizadas por duas equipes distintas:

  1. Equipe de professores do curso, que observará o perfil pessoal dos participantes em relação ao perfil do profissional desejado pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, a partir da realização de atividades e práticas nas estações de trabalho, laboratórios e espaços de aprendizagens existentes.
  2. Equipe de profissionais especializados em dinâmica de grupo e grupos operativos que observará, além das características pessoais, os perfis individuais, as formas de relacionamento, a pró-atividade, a capacidade de liderança e de resolver problemas, dentre outras situações.

Este PRIMEIRO MOMENTO do Processo Seletivo Formativo propõe-se a criar oportunidades para que o candidato possa identificar as habilidades potenciais requeridas para a sua capacitação profissional, constituindo-se em uma avaliação qualitativa, de caráter formativo, não lhe sendo atribuído nota ou conceito.
     
SEGUNDO MOMENTO - 06 DE JULHO (SEGUNDA-FEIRA)
Classifica o candidato para as vagas do Curso de Medicina e será constituído por uma PROVA DE REDAÇÃO (eliminatória) e por uma PROVA DISCURSIVA COM 15 (QUINZE) QUESTÕES (classificatória), a partir dos saberes das Ciências da Natureza (Física, Química e Biologia) e Matemática, com abordagens da vida cotidiana e enfoque em aspectos ligados à saúde, contemplando um eixo temático definido.

A PROVA DE REDAÇÃO compreenderá uma produção de texto dissertativo-argumentativo, a partir de um argumento dado, com idéias fundamentais, coerentes e claras, posicionamentos lógicos e críticos, devendo o candidato evidenciar o domínio do léxico e da estrutura da Língua Portuguesa.  A proposta da prova de redação estimulará o candidato a buscar referências na sua história de vida, na percepção de mundo e do seu papel como futuro profissional da área da saúde e, também, nas experiências vividas no PRIMEIRO MOMENTO DA 2ª FASE do Processo Seletivo Formativo.  
 
CLASSIFICAÇÃO FINAL
A classificação final será feita em ordem decrescente do escore global. O escore global do candidato será resultante do somatório das notas padronizadas e ponderadas obtidas pelo candidato na PROVA DISCURSIVA E NA PROVA DE REDAÇÃO, cujos pesos serão, respectivamente, 6,0 (seis) e 4,0 (quatro).
Observação: O resultado da 1ª fase não será computado no escore global do candidato, sendo utilizado somente para a habilitação para a 2ª fase.

CRITÉRIOS DE ELIMINAÇÃO
Será eliminado do Processo Seletivo Formativo o candidato que:

  1. Não comparecer a qualquer fase do Processo Seletivo Formativo; ou
  2. Obtiver resultado nulo em qualquer das provas a que se submeter; ou
  3. Atingir rendimento inferior a 40% na Prova de Redação; ou
  4. Não atingir o rendimento mínimo correspondente a 1 Desvio Padrão abaixo da média aritmética  dos escores globais dos candidatos presentes na PROVA OBJETIVA DE CONHECIMENTOS GERAIS CONTEMPORÂNEOS.

MAIORES INFORMAÇÕES ESTARÃO DISPONÍVEIS, EM BREVE, NO MANUAL DO CANDIDATO.

 

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 


CURSOS DE TERAPIA OCUPACIONAL, PSICOLOGIA, FISIOTERAPIA, BIOMEDICINA, ENFERMAGEM E ODONTOLOGIA

O ingresso nestes cursos se fará, como da última vez, pela realização do Processo Seletivo Formativo e pela utilização do resultado da avaliação do Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM, de forma opcional e complementar ao Processo Seletivo.
O Processo Seletivo Formativo 2009.2 será constituído por dois momentos distintos, complementares e obrigatórios:

PRIMEIRO MOMENTO - 29 DE JUNHO DE 2009 (SEGUNDA-FEIRA)
Serão realizadas atividades em ambientes de aprendizagem próprio ao desenvolvimento das práticas  profissionais, com a promoção de:

  1. Discussões e reflexões sobre as situações ali vividas e sua relação com a prática profissional;
  2. Atividades socializadoras e integradoras nas quais o candidato poderá evidenciar habilidades interpessoais, senso estético, atitudes éticas, capacidade crítico – reflexiva, capacidade de planejar e de executar tarefas, além de exercitar valores humanos básicos e imprescindíveis à saudável convivência humana, a exemplo de respeito, solidariedade, cooperação, cuidado, numa perspectiva de aproximação com o mundo profissional.

As atividades deste PRIMEIRO MOMENTO serão realizadas por duas equipes distintas:

  1. Equipe de professores do curso, que observará o perfil pessoal dos participantes em relação ao perfil do profissional desejado pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, a partir da realização de atividades e práticas nas estações de trabalho, laboratórios e espaços de aprendizagens existentes.
  2. Equipe de profissionais especializados em dinâmica de grupo e grupos operativos que observará, além das características pessoais, os perfis individuais, as formas de relacionamento, a pró-atividade, a capacidade de liderança e de resolver problemas, dentre outras situações.

Este PRIMEIRO MOMENTO propõe-se a criar oportunidades para que o candidato possa identificar as habilidades potenciais requeridas para a sua capacitação profissional, constituindo-se em uma avaliação qualitativa, de caráter formativo, não lhe sendo atribuído nota ou conceito. A vivência e as reflexões do candidato contribuirão para o seu desempenho no SEGUNDO MOMENTO do Processo Seletivo Formativo.

SEGUNDO MOMENTO - 30 de junho de 2009 (terça-feira)
Será constituído de uma PROVA DE CONHECIMENTOS GERAIS CONTEMPORÂNEOS, com 30 (trinta) questões objetivas de múltipla escolha e 05 (cinco) questões discursivas e de uma PROVA DE REDAÇÃO, de natureza eliminatória e classificatória.

As 35 (trinta e cinco) questões da PROVA DE CONHECIMENTOS GERAIS CONTEMPORÂNEOS serão de natureza transdisciplinar, elaboradas a partir de um eixo temático, cujo objetivo é avaliar as habilidades e competências cognitivas desenvolvidas pelo candidato ao longo da Educação Básica, além de avaliar a capacidade de compreender, analisar, estabelecer correlações e fazer inferências com clareza, objetividade e coerência. Poderão ser contemplados nesta prova temas como: biodiversidade, ecologia, novos mapas sócios e geopolíticos, arte e filosofia, políticas públicas, educação, habitação, saúde e segurança, redes sociais e sustentabilidade (setor público, privado, terceiro setor), relações interpessoais (respeito, cuidado, consideração e convivência), vida urbana e rural, inclusão x exclusão (inclusive digital), cidadania, diversidade, violência, terrorismo, avanços tecnológicos e relações de trabalho.

Na PROVA DE CONHECIMENTOS GERAIS CONTEMPORÂNEOS serão mantidas apenas questões da Língua Inglesa, como no Processo Seletivo Formativo 2009.1.

A PROVA DE REDAÇÃO compreenderá uma produção de texto dissertativo-argumentativo, a partir de um argumento dado, com idéias fundamentais, coerentes e claras, posicionamentos lógicos e críticos, devendo o candidato evidenciar o domínio do léxico e da estrutura da Língua Portuguesa.  A proposta da prova de redação estimulará o candidato a buscar referências na sua história de vida, na percepção de mundo e do seu papel como futuro profissional da área da saúde e, também, nas experiências vividas no PRIMEIRO MOMENTO do Processo Seletivo Formativo. 

CLASSIFICAÇÃO FINAL
A classificação final será feita em ordem decrescente de escore global. O escore global do candidato será resultante do somatório das notas padronizadas e ponderadas das PROVAS DE CONHECIMENTOS GERAIS CONTEMPORÂNEOS e REDAÇÃO, que terão, respectivamente, peso 06 (seis) e 04 (quatro).

ENEM
A utilização do resultado da avaliação do Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM será opcional, podendo ser usados os resultados do período compreendido entre 2005 e 2008, desde que tenha alcançado, no mínimo, 40% de acerto na Nota Final no ENEM. O candidato deve informar o seu número de inscrição no ENEM, ao preencher o REQUERIMENTO DE INSCRIÇÃO, o que funcionará como autorização para seu uso.
O candidato optante terá seu escore global acrescido da pontuação relativa ao ENEM, que terá peso 02 (dois), passando a PROVA DE CONHECIMENTOS GERAIS CONTEMPORÂNEOS a ter peso 05 (cinco) e a PROVA DE REDAÇÃO, peso 03 (três).

CRITÉRIOS DE ELIMINAÇÃO
Será eliminado do Processo Seletivo Formativo o candidato que:

  1. Não comparecer a qualquer fase do Processo Seletivo Formativo; ou
  2. Obtiver resultado nulo em qualquer das provas a que se submeter; ou
  3. Atingir rendimento inferior a 40% na Prova de Redação; ou
  4. Não atingir o rendimento mínimo correspondente a 1 e 1/2 desvio padrão abaixo da média aritmética  dos escores globais dos candidatos presentes.

AS INSCRIÇÕES SERÃO ABERTAS A PARTIR DE 18/05, SEGUNDA-FEIRA

MAIORES INFORMAÇÕES ESTARÃO DISPONÍVEIS, EM BREVE, NO MANUAL DO CANDIDATO.