Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
Notícia
XVII MCC traz segunda edição da Tenda de Educação Popular em Saúde
Espaço valorizou as Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICs).
Pela segunda vez presente na Mostra Científica e Cultural da Bahiana (MCC), a Tenda de Educação Popular em Saúde trouxe as Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICs) como tema desta edição. Realizada entre os dias 5 e 6 de outubro, na Unidade Acadêmica Cabula, a MCC reuniu ciência, arte, saúde e transformação social nos seus espaços.
 
     

Rodas de conversas, toré, corredor de cuidados, análise bioenergética e uma variedade de cuidados individuais, tais como: Auriculoterapia, Reiki, Massoterapia, Reflexologia Podal, Aromaterapia, Terapia Biomagnética e Mindfulness compuseram a programação da tenda, que teve como finalidade divulgar as Práticas Integrativas e Complementares e discutir a importância da sua inserção nos serviços de saúde.

A coordenadora da tenda e professora do curso de Biomedicina, Renata Roseghini, ressaltou a importância da inserção das PICs no ensino formal e a relevância da tenda para a mostra. “A Tenda de Educação Popular em Saúde é de suma importância para o fomento das práticas integrativas e complementares em todos os níveis, ensino, pesquisa, assistência e extensão”.
 
     

A discente do quarto semestre do curso de Psicologia, Mariana Amorim, relatou que foi bastante satisfatório participar da aromarerapia. “Fiz a aromaterapia pela primeira vez, escolhi essa prática por me chamar mais a atenção, gostei bastante da sensação por se tratar de uma medicina holística integral. Acredito que atividades como essa, na MCC, são fundamentais para dar visibilidade e acessibilidade às práticas integrativas e complementares de saúde", finalizou.