Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
Notícia
VIII MOSTRA CIENTÍFICA E CULTURAL DA BAHIANA REÚNE 300 TRABALHOS CIENTÍFICOS.
#

Nos dias 26 e 27 de setembro, mais de duas mil pessoas, entre estudantes da Bahiana, professores e visitantes estarão no Unidade Acadêmica do Cabula para a VIII Mostra Científica e Cultural. Na abertura, que acontece às 08h30, no Centro de Convenções da Bahiana – Auditório I, será realizado um cine-debate com a Diretora da Escola, Profª. Maria Luisa Soliani e o Prof. Ronald Palotta. 

A Mostra Científica e Cultural da Bahiana foi criada em 2000 com o objetivo de estimular o espírito científico e a importância de pensar e produzir cultura no espaço acadêmico, criando novos sentidos e significados para o processo de ensino e aprendizagem. Desta forma, além de ser um momento de receber a sociedade e lhe prestar um serviço de atenção social, é também a ocasião de a comunidade acadêmica relatar e compartilhar o que vem produzindo nos âmbitos científico e acadêmico.

Em sua oitava edição, a Mostra contará com a apresentação de 310 trabalhos de ordem acadêmica e científica. São estudos na área de saúde, realizados por alunos da graduação que passarão por uma banca composta por professores e alunos da pós-graduação. A programação acadêmica conta também com a realização de mini-cursos nas áreas de Medicina, Psicologia, Terapia Ocupacional, Enfermagem, Odontologia, Fisioterapia e Biomedicina (vide programação).

Em um espaço multidisciplinar, serão realizados atendimentos médicos com avaliações cardiorrespiratória, antropométrica, de flexibilidade e de caminhada. Também estará à disposição do público um posto de vacinação.

Os visitantes vão poder usufruir também dos serviços de stands de atendimento como os de Fisioterapia com “Como anda a pressão do seu pé” e “Cuide você mesmo da sua coluna”, com a professora, Ana Lúcia Góes; “Protótipos anatômicos de assoalho e do útero gravítico”, com a profª. Alcina de Oliveira Teles; e “Prevenção de doenças transmissíveis” com as profas. Maiana Bião e Kaliane Pamponet.

 O curso de Terapia Ocupacional estará presente com os stands “Informação sobre patologias”, “Reflexologia: vias aferentes e eferentes” e “Fisioterapia dermato-funcional”, com a profª. Rosângela Campos Machado; e “Brinquedos e jogos adaptados para pessoas com deficiência visual”, com Profª. Sheila Correia Araújo.

A professora de Medicina, Regina Pinheiro (IBOPC) será responsável pelo stand “Saúde ocular” e o Núcleo de Biointeração, do curso de Medicina, participa com o Painel de Biointeração que será apresentado pela profª. Rita Elizabeth Mascarenhas.

Também estarão dispostos stands de exposição e comercialização de artesanato, fruto de projetos sociais que a Bahiana realiza durante todo o ano, a exemplo do Projeto Social Grupo Arte Esperança, que atua com a comunidade do Candeal, e projetos convidados, como é o caso do Projeto Social Criamundo, que capacita e fomenta a produção de artesanato com internos do Hospital Juliano Moreira.


Responsabilidade Social

26 de setembro (sexta-feira)

Visando uma maior integração com a sociedade, a Bahiana, através da MCC8, vai receber públicos de distintas faixas etárias, entre estudantes e assistidos de entidades sociais. Eles participarão de atividades sócioeducativas que serão realizadas pelos alunos dos cursos de graduação da Escola, sempre supervisionados por professores.

A partir das 09h, crianças em idade pré-escolar da creche do Hospital Roberto Santos vão participar da “Palestrinha de Primeiros Socorros”. A atividade, coordenada pelo professor André Zimmerman, visa a informar, de forma lúdica, noções de procedimentos simples de salvamento, que devem ser realizados até a chegada de um atendimento médico.

Às 10h30 e às 14h, em grupos distintos, elas participam de uma oficina de educação para saúde oral, coordenada pelo professor Antônio Pitta. Neste momento, as crianças vão aprender de forma prática, hábitos para uma boa escovação. Para finalizar as atividades com o público infantil, será realizada a peça “A história Joãozinho”, coordenada pela professora Maria Cristina Santana e encenada por monitores do curso de Medicina.

Alunos do 2º e 3º anos do ensino médio do Colégio Estadual Roberto Santos, também vão participar das atividades sócio educativas preparadas pela MCC8. A programação tem início às 08h30 com a exibição de filmes, seguida de debate. Para os jovens que ainda estão em dúvida sobre qual carreira profissional seguir, será realizada uma atividade de orientação profissional, com uma equipe de psicólogas e estudantes de psicologia.

No turno da tarde, às 14h, os adolescentes visitam o laboratório de anatomia e, em seguida, às 15h30, participam da oficina “Cuidando do corpo”. Por fim, será realizada a oficina "Aprender Brincando", na qual os estudantes vão trabalhar cuidados com a higiene pessoal.

Na MCC8 também existirá espaço para adultos. Nesse sentido, participam das atividades sócioeducativas, cuidadores de crianças portadoras do vírus HIV e adultos também portadores, assistidos pela Instituição Beneficente Conceição Macêdo. Às 08h, o grupo começa as atividades com a oficina de escovação, coordenada pelo professor Antônio Pitta. Os estudantes vão realizar ações de profilaxia – aplicação de flúor, escovação, avaliação – em pacientes que precisam de cuidados especiais. Os visitantes também vão aprender noções de primeiros socorros, em uma oficina com alunos no curso de Medicina, sob coordenação do professor André Zimmerman.

Sábado 27 (sábado)

No sábado, será a vez dos idosos do Centro Social Urbano – CSU Narandiba participarem da MCC8. Eles poderão usufruir de todos os serviços dos stands de saúde. Além disso, estudantes do curso de Medicina, sob coordenação da professora Maria Cristina Santana, estarão realizando uma oficina de aproveitamento integral de alimentos, aberta especialmente para esse grupo.

 


Núcleo de Comunicação
Assessoria de imprensa
Juliana Maia – (71) 2101-1935 / 8887-2003