Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
Notícia
Harmonização orofacial foi tema da Pré-Joba
Evento recebeu grandes nomes da área para uma prévia da Jornada de Odontologia da Bahiana.
Auditório cheio, palestrantes de destaque e um clima de “quero mais”. Assim foi a Pré-Jornada de Odontologia da Bahiana (Pré-Joba) que aconteceu no dia 5 de abril, na Unidade Acadêmica Cabula e reuniu estudantes e professores do curso. O evento que todo ano precede a Joba, dessa vez teve como convidados a mestra e doutora pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Paula Mathias, e o mestre e doutorando em clínica, na Universidade Federal da Bahia (UFBA), Lucas Esteves que apresentaram palestras complementares com falas em torno do tema “Harmonização orofacial: a odontologia além do sorriso”.
 
     

A aula de Paula Mathias abordou os aspectos estéticos da dentística e Lucas Esteves falou sobre o ponto de vista cirúrgico. Estiveram presentes o coordenador do curso de Odontologia da Bahiana, Prof. Dr. Urbino Tunes, a coordenadora da comissão docente da Joba 2017, Prof.ª Andréa Cavalcanti, e a coordenadora da comissão discente, Amanda Brandão Soares, aluna do 7º semestre de Odontologia. A Joba já está com inscrições abertas e será realizada nos dias 18 e 19 de maio, na Unidade Acadêmica Cabula.

De acordo com Andréa Cavalcanti, a Pré-Joba é o momento de apresentar e informar aos participantes como será a grade científica da próxima jornada. “A Pré-Joba tem sempre que trazer um tema atual que seja multidisciplinar, porque essa é a cara da jornada: integração e interdisciplinaridade”. Segundo a professora, atualmente, tem-se percebido na odontologia que a maior parte do tratamento se completa efetivamente com a integração. “Então, a ideia da Pré-Joba foi trazer essa interação e apresentar a odontologia como ela está hoje: muito além do sorriso. É uma odontologia que está integrada com a face, com a personalidade e, por isso, trouxemos dois nomes que se completam nesse sentido”.
 
     

Segundo Andréa Cavalcanti, a Joba 2017 traz temas de grande destaque como a utilização de células tronco na Odontologia, grandes novidades na área de estética odontológica, com a realização de um encontro especialmente dedicado ao tema, contando com a participação de dois palestrantes convidados e abordando também a cirurgia estética peri-implantar.

Integrante das comissões de discentes desde seu 3º semestre de graduação, Amanda Brandão Soares conta que, este ano, o diferencial do grupo foi a participação de alunos de todos os semestres na comissão. Segundo ela, “a elaboração da grade científica foi discutida já no fim de 2016, quando os estudantes levaram o que cada um gostaria de ver na jornada e, de uma forma bem uniforme, conseguimos agradar a todos os gostos”.
 
     

Amanda conta que o trabalho de organização da Joba 2017 vem sendo realizado pela comissão desde novembro do ano passado e conta com uma participação engajada de 37 alunos. A comissão espera receber cerca de 600 inscritos este ano, entre estudantes, professores, pesquisadores e profissionais da área de saúde oral.

“Estamos há 16 anos realizando consecutivamente esse evento que já é tradicional e de grande porte, sendo considerado hoje um congresso acadêmico e, talvez, um dos maiores do país. É uma realização do acadêmico de Odontologia da Bahiana, mas congrega estudantes de várias outras instituições. Conta com uma programação científica muito boa, com novidades a cada ano”, destaca o Prof. Urbino Tunes, que adiantou, entre as novidades, a participação do Exército do Brasil com uma atividade de odontologia na selva, utilizando uma estrutura que será instalada nas dependências da Unidade Acadêmica Cabula.


Confira as fotos.