Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
Notícia
'Trans-Formação' é tema de palestra de recepção aos Novos da Bahiana

Mandela e Malala Yousafzai são homenageados no evento

"Que esse rito de passagem de ‘chegamento’ de vocês aqui seja extraordinário, na perspectiva de abrir novos ciclos, novas buscas, novos desafios. Que a alma, o espírito, o coração e a inteligência de vocês estejam muito abertos para as ‘aprendências’ que ajudarão vocês a serem profissionais mais humanos e humanizadores. Que façam a diferença com dignidade, com ética e com boniteza". Esta foi a mensagem deixada pelo filósofo, mestre e doutor em Educação, Prof. Miguel Almir Lima de Araújo, da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) e Universidade do Estado da Bahia (UNEB), que, na última sexta-feira, 25 de julho, apresentou a palestra “A Inteireza do Humano: Passagens Trans-formadoras”, ponto máximo da recepção dos Novos da Bahiana.

A programação foi aberta com as palavras da coordenadora de Desenvolvimento de Pessoas, Luiza Ribeiro, que apresentou os diversos setores da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, os quais estarão em contato direto com os novos alunos, a exemplo do Núcleo de Supervisão Pedagógica (NUSP), que tem como gestora a pedagoga Jucinara Menezes e o Núcleo de Atenção Psicopedagógica (NAPP), coordenado pela psicóloga Angélica Mendes e responsável pela organização da recepção aos calouros.
Na ocasião, também deram as boas-vindas os coordenadores de Biomedicina, Prof. Geraldo Argolo; Enfermagem, Prof.ª Maria de Lourdes Freitas Gomes; Medicina, Prof.ª Dr.ª Eliana de Paula; Odontologia, Prof. Dr. Urbino Tunes; Fisioterapia, Prof.ª Luciana Bilitário e Psicologia, Prof.ª Mônica Daltro. 
 
Os calouros e seus familiares - que também se fizeram presentes - puderam conferir uma pequena apresentação do Coral Canta Bahiana; a exibição do discurso da adolescente paquistanesa Malala Yousafzai, realizado em uma sessão especial das Nações Unidas (ONU) e a apresentação de um vídeo em homenagem ao líder sul-africano, Nelson Mandela.
 
Segundo Angélica Mendes, quando a Bahiana se prepara para receber seus novos estudantes, ela planeja um momento acolhedor, de integração e reflexão. "Na verdade, o que a gente quer é pensar com eles qual o objetivo de eles estarem aqui, fazer com que eles possam se sentir parceiros em seu processo de formação. Então, quando fazemos essa recepção, sempre pensamos em uma temática baseada em algo de relevante que aconteceu dentro ou fora da instituição, ao longo do ano. E fazemos, em seguida, a semana do calouro para que eles circulem e conheçam mais a Bahiana, a fim de se ambientarem e começarem a vivenciar a instituição".
Conhecer o grupo de profissionais e docentes da Bahiana foi importante para o calouro de Medicina, Ícaro Lessa, de 19 anos. Ele conta que nunca havia pensado em ser médico, mas que a vivência do Processo Seletivo Formativo (Prosef) serviu para elucidar dúvidas. “Achei o Prosef muito interessante por conta da vivência que nos permitiu conhecer a instituição, antes de entrar nela. Hoje (na recepção) pudemos conhecer os professores, coordenadores e pedagogos que nos acompanharão. Então, essa aproximação que a Bahiana oferece antes de iniciar o curso é realmente muito boa”.
 
A opinião de Ícaro é compartilhada pela nova aluna do curso de Biomedicina, Brenda Borges, de 18 anos. “Achei o encontro hoje excelente, porque não é qualquer universidade que faz esse tipo de coisa. Isso faz com que você já conheça seus colegas de curso que serão seus futuros colegas de trabalho. A vivência do Prosef foi também muito interessante, pois realmente foi o que me motivou a cursar Biomedicina, abriu a minha cabeça. Hoje estou determinada!”, conta.
 
Ao lado de Brenda, sua mais nova colega, Camila Evelin, também com 18 anos. Elas se conheceram durante a vivência do Prosef e, na recepção aos calouros, passaram a estreitar os laços. “A vivência é importante porque você conhece novas pessoas, cria gosto pelo curso, além de ser uma atividade que humaniza o vestibular para o qual nos preparamos por três anos e é, em si, uma coisa tão tensa. E quando chegamos aqui temos essa recepção maravilhosa”, declara Camila, mostrando grandes expectativas com relação ao curso de Biomedicina.
 
Sejam Bem-Vindos Novos da Bahiana!
 
Confira as fotos