Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
Notícia
CEDETE realiza primeira webconferência para apresentação de TCC

Estudante de Biomedicina apresenta trabalho diretamente dos EUA.

No dia 8 de maio, o CEDETE realizou a primeira apresentação de um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) de um aluno da Bahiana, via webconferência. O acadêmico do curso de Biomedicina, Fábio Brasil, apresentou seu trabalho em tempo real, diretamente dos Estados Unidos, onde participa do programa Ciências sem Fronteiras.

A banca contou com a participação da Dra. Luciana Souza de Aragão França, da Dra. Fabíola Cardillo e do coordenador do curso de Biomedicina, Prof. Dr. Geraldo Argolo, que destaca o empenho, compromisso e atuação do acadêmico como pontos que levaram a instituição a permitir sua apresentação via webconferência. “O aluno Fábio Brasil é um graduando diferenciado em nosso curso. Fez Iniciação Científica na FIOCRUZ, no laboratório do Dr. Lain Carlos Pontes de Carvalho e foi aprovado no Programa Ciência sem Fronteiras nos EUA, cuja conclusão se dará no final de mês de julho. Durante sua participação no programa, Fábio participou da seleção para doutorado de duas instituições de pesquisa e ensino americanas e foi aprovado em ambas. Ele também se inscreveu para conseguir uma bolsa de doutorado da CAPES para financiar seu curso e foi aprovado”.

Com relação ao modelo de apresentação, o coordenador do curso de Biomedicina diz que os benefícios poderão ser aproveitados, a depender de cada indivíduo envolvido, seja o aluno que apresentará o trabalho, sejam os integrantes da banca. “Alguns se sentirão mais à vontade em participar ao vivo, outros se beneficiarão desse distanciamento por serem mais tímidos, mas, independentemente de qualquer coisa, o mais importante é que a tecnologia permite que as distâncias sejam encurtadas, o que melhora nossas vidas com mais economia e rapidez”.

Outro ponto positivo defendido pelo Prof. Geraldo Argolo é a possibilidade de gravar e armazenar a apresentação, que ficará disponível para consultas ou reapresentações para outros públicos. “Enfim, acredito que poderemos aprimorar bastante nossos processos com o uso desses recursos, mas penso que será necessário que as suas solicitações sejam sempre avaliadas, caso a caso, para que os resultados sejam os melhores possíveis”.