Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
Notícia
Estudantes de Medicina iniciam semestre discutindo o SUS

Seminário recebeu especialista em Sistema Único de Saúde e Arcebispo de Salvador

Fazer Medicina na Bahiana é diferente! Prova disso foi o Seminário “Campanha da Fraternidade e Desafios do SUS” que aconteceu na noite da última terça-feira, 17 de julho, na Unidade Acadêmica Cabula cujo objetivo foi sensibilizar os novos estudantes e proporcionar uma reflexão sobre a situação atual do Sistema Único de Saúde do Brasil e a importância da Saúde Coletiva. O seminário foi direcionado para os estudantes do 1º e 2º semestres e contou com a coordenação dos professores Dr. Bruno Gil, Dra. Sara Rocha e Dra. Mirian Marambaia.

O primeiro palestrante, foi o Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Salvador, Don Giovanni Cippra. Em sua fala, o religioso apresentou o tema da campanha da fraternidade de 2012: "Que a Saúde se Difunda na Terra!", os conceitos que a Igreja Católica tem sobre a saúde do indivíduo e sua visão sobre o Sistema Único de Saúde (SUS). A apresentação foi além, apresentando dados sobre a saúde pública no Brasil. Para finalizar a fala, Don Giovanni destacou algumas iniciativas dirigidas pela Igreja em prol da saúde coletiva como o incentivo às campanhas especiais do calendário de saúde.

O especialista em Sistema Único de Saúde, Prof. Dr. Jairnilson Silva Paim, professor titular de Políticas da Saúde Pública do Instituto de Saúde Coletiva da UFBA, acompanhou Don Geovanni e apresentou dados da última Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios - Pnad. O objetivo da exibição dos dados foi comprovar como o SUS atua bem, no que diz respeito ao atendimento. "O SUS funciona no atendimento básico*, mas quando precisamos de laboratórios e equipamentos para exames, estamos reféns do setor privado", criticou Dr. Paim. Entre outros pontos negativos do SUS, o palestrante apontou a má gestão dos recursos públicos de saúde e a forma como são feitas as contratações dos seus profissionais que, muitas vezes, não possuem vínculo empregatício, estando em uma situação instável.

Porém, ele apontou, com dados, os benefícios do SUS, principalmente, seu caráter universal: saúde para todos.



*O que é ATENDIMENTO BÁSICO?


Um conjunto de ações no âmbito individual e coletivo, que abrange a promoção e a proteção da saúde, a prevenção de doenças, com diagnóstico precoce, o tratamento e a reabilitação da saúde do indivíduo.

São serviços de ATENDIMENTO BÁSICO:

•Acompanhamento de crianças e gestantes;
•Acompanhamento de pessoas com doenças crônicas, como diabetes e hipertensão;
•Aplicação de injeção, com receita do SUS;
•Atendimento odontológico, educação e promoção da saúde bucal;
•Consulta clínica, pediátrica e ginecológica;
•Consulta de enfermagem;
•Consulta odontológica;
•Curativos e retiradas de pontos;
•Encaminhamento para especialistas;
•Fornecimento de medicação, com receita do SUS;
•Grupos de apoio (alimentação, atividades físicas e saúde mental);
•Inalação;
•Planejamento Familiar;
•Realização de exame preventivo do câncer de colo do útero e avaliação de mamas;
•Retirada de berne e bicho-de-pé;
•Teste do Pezinho;
•Vacinação;
•Visita domiciliar para acamados e recém-nascidos de risco.

Fonte: Ministério da Saúde