Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
Notícia
Bahiana recebe especialista em trauma

Criador do Trabalho de Liberação do Trauma conta sua história e realiza workshop em Salvador.

Psicólogos, estudantes de Psicologia, profissionais da área de saúde e pessoas com interesse em saúde mental participaram da palestra "Trauma e Estresse Pós-Traumático", que aconteceu na Unidade Acadêmica Brotas, na noite do dia 16 de julho.

O encontro teve como palestrante o cientista e criador do Trauma & Tension Releasing Exercises (TRE), em português Trabalho de Liberação do Trauma, técnica que cura, em poucas sessões, a síndrome do estresse pós-traumático manifestado, comunmente, em vítimas de catástrofes naturais, guerras e situações de violência e/ou estresse extremo.

Berceli contou que seu trabalho com o TRE foi impulsionado pela necessidade de tratar o maior número de pessoas em pouco tempo, vencendo barreiras como a língua e a cultura. A partir desse momento, ele observou o comportamento institivo de defesa das pessoas e como o corpo humano reage em momentos de perigo. "No Líbano, estávamos em um prédio próximo a bomberdeios. Sentamos em bancos e pusemos as crianças presentes, no colo. Percebi, então, que elas tremiam, à medida que as bombas estouravam. Enquanto isso, os adultos se mantinham sob controle".

Berceli conta que, nesse momento, percebeu como o tremor, nas horas do perigo, se manifesta em contrapartida ao temor que tensiona o corpo, nas situações traumáticas. Segundo ele, o tremor, base de seu tratamento, libera os pontos de tensão do corpo e auxilia no tratamento e na cura do trauma. Saiba mais

"Depois que fiz essa descoberta, saí pelo mundo, entrando em contato com as pessoas, aplicando essa técnica, muitas vezes, com centenas de pessoas de uma só vez", conta David Berceli. Hoje, ele chega a visitar 18 países por ano. No Brasil, já relizou workshops em Brasília, Rio de Janeiro, Fortaleza e Recife. Em Salvador, realizou, nos dias 17 e 18, um workshop fruto de uma parceria entre a Libertas Consultoria, Treinamento e Clínica-Escola, o Espaço PSi e a Bahiana.

Na ocasião, Berceli realizou uma combinação entre teoria e prática, a fim de que os participantes aprendessem a técnica, sob sua supervisão, podendo se utilizar delas em momentos de estresse intenso. "Eles não vão poder aplicar isso em outras pessoas, mas vão poder se beneficiar do TRE em momentos de tensão. Bastar realizar os exercícios entre duas e três vezes por semana para sentir uma melhora substancial", explica David, salientando que a duração do "autotratamento" vai depender do histórico de cada pessoa.

 

CONFIRA AS FOTOS.