Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
Notícia
18 de outubro, Dia do Médico!

A Bahiana parabeniza todos os profissionais da Medicina em sua data comemorativa

 

Passar a noite em claro, estar sempre alerta, mesmo nos feriados e finais de semana. Abdicar de importantes momentos em família. Tudo isto pra quê? Ou melhor, por quem? Pelo próximo. Esta é a rotina do médico. Profissional que dedica mais do que as horas de trabalho, mas a vida em prol do cuidar, do restabelecer a saúde e a qualidade de vida das pessoas. E é por isso que a Bahiana alegremente parabeniza o médico pelo seu dia - hoje, 18 de outubro.
Parabéns aos doutores e doutoras e muito obrigada pela generosa e incansável dedicação!
Por que 18 de outubro?
 
O dia 18 de outubro foi escolhido como "dia dos médicos" por ser o dia consagrado a São Lucas, pela Igreja Católica . Como se sabe, Lucas foi um dos quatro evangelistas do Novo Testamento. Seu evangelho é o terceiro em ordem cronológica; os dois que o precederam foram escritos pelos apóstolos Mateus e Marcos.
 
Lucas não conviveu pessoalmente com Jesus e, por isso, a sua narrativa é baseada em depoimentos de pessoas que testemunharam a vida e a morte de Jesus. Além do evangelho, é autor do "Ato dos Apóstolos", que complementa o evangelho.
Segundo a tradição, São Lucas era médico, além de pintor, músico e historiador, e teria estudado medicina em Antióquia, sua cidade natal. Possuindo maior cultura que os outros evangelistas, seu evangelho utiliza uma linguagem mais aprimorada, o que revela seu perfeito domínio do idioma grego. Viveu no século I d.C., desconhecendo-se a data do seu nascimento, assim como de sua morte.
 
Não há provas documentais, porém há provas indiretas de sua condição de médico. A principal delas nos foi legada por São Paulo, na epístola aos colossenses, quando se refere a "Lucas, o amado médico" (4.14). Foi grande amigo de São Paulo e, juntos, difundiram os ensinamentos de Jesus entre os gentios.
 
Outra prova indireta da sua condição de médico consiste na terminologia empregada por Lucas em seus escritos. Em certas passagens, utiliza palavras que indicam sua familiaridade com a linguagem médica de seu tempo. Este fato tem sido objeto de estudos críticos comparativos entre os textos evangélicos de Mateus, Marcos e Lucas, e é apontado como relevante na comprovação de que Lucas era realmente médico. Dentre estes estudos, cita-se o de Dircks, que contém um glossário das palavras de interesse médico encontradas no Novo Testamento.
 
A escolha de São Lucas como patrono dos médicos nos países que professam o cristianismo é bem antiga. Eurico Branco Ribeiro, renomado professor de cirurgia e fundador do Sanatório S. Lucas, em São Paulo, é autor de uma obra fundamental sobre São Lucas, em quatro volumes, totalizando 685 páginas, fruto de investigações pessoais e rica fonte de informações sobre o patrono dos médicos. Nesta obra, intitulada "Médico, pintor e santo", o autor refere que, já em 1463, a Universidade de Pádua iniciava o ano letivo em 18 de outubro, em homenagem a São Lucas, proclamado patrono do "Colégio dos filósofos e dos médicos".
 
A escolha do dia 18 de outubro como "dia dos médicos" é comum a muitos países, dentre os quais Portugal, França, Espanha, Itália, Bélgica, Polônia, Inglaterra, Argentina, Canadá e Estados Unidos. No Brasil acha-se definitivamente consagrado o dia 18 de outubro como "dia dos médicos".
 
Assim, ao longo dos seus quase 60 anos de existência, a Bahiana muito se orgulha de já ter formado centenas destes profissionais que atuam no Estado da Bahia, em todo o país e, ainda, em outros países. E os parabeniza nesta tão importante data!