Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
Notícia
REAII promove ações acadêmicas de internacionalização
Núcleo de Relacionamento Institucional e Internacionalização da Bahiana atua na promoção de intercâmbios e pesquisas em parceria com universidades do Canadá, EUA, Portugal e Espanha.
Criado em 2015, o Núcleo de Relacionamento Institucional e Internacionalização da Bahiana (REAII) vem promovendo significativas ações de internacionalização no âmbito acadêmico, visando intercâmbios e pesquisas conjuntas com instituições de ensino e pesquisa de outros países, a exemplo da Universidad de Guadalajara (MÉXICO); Universidade de Porto (PORTUGAL); Concordia University Of Edmonton (CANADÁ), Universidad La Coruña (ESPANHA); Case Western University (EUA); University of Toronto (CANADÁ) e Universidad de Las Islas Baleares (ESPANHA). Outras parcerias estão em curso.

As iniciativas da Bahiana já vêm sendo reconhecidas internacionalmente, de forma que a instituição estará presente no Congresso das Américas sobre Educação Internacional (CAEI), que acontece de 23 a 25 de outubro, em Bogotá, Colômbia.

O evento é organizado a cada dois anos em um país anfitrião diferente, em colaboração com instituições e órgãos de ensino superior de tipo regional, nacional e internacional, para oferecer uma plataforma, a partir da qual é possível conhecer as boas práticas, os desafios e as tendências emergentes ligadas à educação internacional no continente.

Intercâmbios

Algumas parcerias internacionais concedem vagas anuais para que estudantes da Bahiana realizem o intercâmbio acadêmico mediante processo seletivo. Para 2019.2 /2020.1, foram aprovados os estudantes Lucas Hymer Flores Lopes Oliveira (Biomedicina) e Rafaela dos Santos Barros (Enfermagem), para a Concordia University of Edmonton (CANADÁ), e Débora Santos de Almeida (Educação Física), Felipe Nunes Almeida dos Santos (Educação Física), Natalia Consuelo Machado de Figueiredo (Medicina) e Beatriz Jacobina (Medicina), para a Universidade do Porto (PORTUGAL). Nestes casos, a Bahiana concede, como incentivo, o desconto de 50% em mensalidades.

A partir de 2019, os estudantes de graduação e pós-graduação da Bahiana passaram também a concorrer a uma bolsa de 6 meses do ELAP – Emerging Leaders of Americas Program, sendo a estudante Quézia Costa Dias (Psicologia) uma das contempladas. Participam do edital estudantes latinos e caribenhos, sendo a seleção de responsabilidade do Governo Canadense.

Pós-Graduação

O REAII é também responsável por apoiar a pós-graduação na realização de palestras, seminários e visitas internacionais de professores, como Dr. João Lima do Hospital Johns Hopkins (EUA) e o Dr. Aseem Malhotra (REINO UNIDO), já tendo recebido estudantes da George Washington University, da Universidade de Ciências Médicas de Havana, da Rochester University e da Universidade de Toronto.

Certificação

As iniciativas de internacionalização da Bahiana também envolvem ações de acreditação, como é o caso do curso de Medicina, que hoje integra o grupo de apenas 32 cursos do Brasil acreditados pelo Sistema de Acreditação de Escolas Médicas (SAEME). O sistema foi implementado por meio de uma parceria entre o Conselho Federal de Medicina (CFM) e a Associação Brasileira de Escolas Médicas (ABEM) e, em abril deste ano, foi certificado pela World Federation For Medical Education (Federação Mundial de Educação Médica – WFME), cujo objetivo é melhorar a qualidade da educação médica em todo o mundo.

O certificado concedido pela WFME ao SAEME reconhece o processo de acreditação internacional, monitoramento pós-acreditação e o processo de tomada de decisão do sistema na avaliação das escolas médicas brasileiras. Segundo o portal da SAEME, "o conceito de Acreditação significa o reconhecimento formal da qualidade de serviços oferecidos por uma instituição. Esse reconhecimento é baseado em avaliação padronizada por um órgão independente, que comprova que uma instituição atende a requisitos previamente definidos e que tem competência para realizar o seu papel de modo eficaz e seguro." 

Esse reconhecimento permite que as escolas médicas que possuem o selo SAEME estejam automaticamente reconhecidas e certificadas internacionalmente. A acreditação da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública possibilitará, entre outras prerrogativas, que os/as estudantes que desejam fazer estágios nos EEUU possam realizá-los, pois o ECFMG, órgão regulador do exercício profissional de médicos estrangeiros, estabeleceu que, a partir de 2023, só egressos de escolas certificadas poderão se candidatar a estágios, residências, pós-graduações ou mesmo revalidação de diplomas nos Estados Unidos.

A esse respeito, a Educational Comission for Foreign Medical Graduates (ECFMG) – órgão de validação de diplomas médicos para as residências ou para o exercício profissional nos Estados Unidos - publicou que a partir de 2020 só serão aceitos diplomas de egressos de instituições com acreditação internacional. Assim, a Bahiana, com o selo da SAEME, já cumpre de forma antecipada, os requisitos necessários aos egressos que desejam seguir naquela direção. 


Como concorrer a bolsas de intercâmbio e pesquisa

Quem pode se candidatar a bolsas de estudo?
Todos os alunos matriculados na graduação e pós-graduação que desejem realizar atividades acadêmicas em instituições internacionais parceiras, ou seja, com as quais a Bahiana desenvolve programas de intercâmbio bilateral.

Como são as inscrições e quais são os requisitos?
Os requisitos para as bolsas com instituições parcerias são definidos pelas coordenações de seus respectivos cursos. Para se inscrever, os interessados devem se dirigir ao REAII com o requerimento para participação, indicando qual o curso e quais os componentes curriculares desejam cursar na instituição para a qual estão pleiteando a bolsa. Os editais da bolsa e todas as orientações são encaminhadas por e-mail para os estudantes e disponibilizadas na página do REAII.

Quais os benefícios que os programas de intercâmbios do REAII oferecem aos estudantes?
Os discentes recebem a isenção de 50% no valor das mensalidades enquanto estiverem realizando o programa de intercâmbio, desde que estejam devidamente matriculados em algum curso de graduação ou pós-graduação da Bahiana. Outro ganho com os programas de intercâmbio são o desenvolvimento de potencialidades para futura atuação profissional, além da troca de experiências proporcionada com a vivência em outra cultura, como o aprendizado de um novo idioma. No caso da bolsa do ELAP, os valores custeiam passagem aérea, hospedagem, transporte e alimentação.

Mais informações:
REAII – Coordenadoria
Av. Dom João VI, nº 274, Brotas.
Tel. (71) 2101-1900 / reaii@bahiana.edu.br