Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
Notícia
Bahiana sedia XIII Encontro de Pós-Graduação nas Áreas de Medicina I, II e III da CAPES
Congresso discutiu mudanças no sistema de avaliação da CAPES.
Reitores, pró-reitores, coordenadores de cursos de pós-graduação, professores e pesquisadores na área de medicina de todo o Brasil estiveram reunidos para discutir as mudanças no sistema de avaliação dos cursos de pós-graduação no XIII Encontro de Pós-Graduação nas Áreas de Medicina I, II e III da CAPES, cuja abertura aconteceu na noite de 18 de setembro, no auditório do Campus Cabula da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. A solenidade teve início com a apresentação da camerata da Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA).

A mesa de abertura foi formada pelo pró-reitor de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação Stricto Sensu da Bahiana, prof. Atson Fernandes, pela diretora de Avaliação da CAPES, Sônia Báo, pela coordenadora do Programa de Mestrado e Doutorado em Medicina e Saúde Humana e presidente do Encontro, prof.ª Ana Marice Ladeia, e pelo coordenador do Mestrado em Tecnologias em Saúde, prof. Marcos Almeida, além do diretor da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), prof. Márcio Gilberto, do coordenador de Medicina I da CAPES, Luís Felipe Ribeiro Pinto, e do professor adjunto da Bahiana e pesquisador da FIOCRUZ, Bernardo Galvão.
 
      

"Realmente é um grande prazer para a Bahiana sediar este encontro nacional. É um encontro que fizemos por meio de uma parceria com todas as pós-graduações da Bahia que trabalham conosco, com o apoio institucional do coordenador adjunto da Medicina I, Luís Felipe, e demais coordenadores. O nosso encontro foi preparado para que pudéssemos continuar aqui as mesmas discussões que tivemos em Brasília. Nosso propósito foi tirar daqui atitudes e propostas e que possamos fazer uma pós-graduação cada vez melhor no Brasil", pontuou a prof.ª Marice Ladeia.

Uma breve apresentação da Bahiana e dos seus programas de pós-graduação foi realizada pelo prof. Atson Fernandes, seguida da palestra de destaque, “O Sistema Nacional de Pós-Graduação: Atualidades e Perspectivas”, ministrada pela diretora de Avaliação da CAPES, Sônia Báo. Na apresentação, a professora fez um panorama do cenário nacional da pós-graduação, abordando diversas questões, dentre elas o impacto das produções científicas, a colaboração com a indústria e o aprimoramento do sistema de avaliação, além de propor reflexões.

Sônia Báo também apresentou quadros comparativos entre o Brasil e outros países. "O Brasil precisa investir mais em ciência e tecnologia e em formação de recursos humanos qualificados. Precisamos pensar os critérios que refletem a excelência acadêmica dos programas e como alinhá-los às políticas de Ciência, Tecnologia e Inovação e ao fomento”, afirmou.

"Estamos em um momento que é preciso debater e apontar os caminhos e continuar mais unidos do que nunca, principalmente, apoiando os processos de mudança na avaliação, que irão melhorar ainda mais a formação dos nossos discentes. É muito importante destacar o papel da Bahiana na organização desse evento neste contexto de tanta dificuldade", declarou Luís Felipe Ribeiro Pinto.
 
       

A programação do evento seguiu até o dia 20 de setembro com conferências e apresentações de trabalhos acadêmicos. As atividades foram encerradas com a entrega dos prêmios para os melhores trabalhos.

1º Lugar – Egressa do curso de Biomedicina da Bahiana
Nome do programa: Pós-Graduação em Patologia Humana (Doutorado)
Nome da aluna: Jaqueline Góes de Jesus
Título do trabalho: Vigilância Genômica em Tempo Real de Arbovírus Emergentes e Re-Emergentes
Instituição: UFBA/ FIOCRUZ

2º Lugar
Nome do programa: Programa de Pós-graduação em Biotecnologia em Medicina e Saúde Investigativa (Doutorado)
Nome do aluno: Afrânio Ferreira Evangelista
Título do trabalho: Mecanismos envolvidos no efeito terapêutico de células mesenquimais de medula óssea em modelo experimental de neuropatia diabética sensorial
Instituição: FIOCRUZ
Categoria: Mestrado

1º Lugar
Nome do Programa: Pós-graduação em Patologia – PGPAT (UFBA/FIOCRUZ) (Mestrado)
Nome do aluno: Breno Cardim Barreto
Data da defesa: 19/07/2019
Título do Trabalho: Caracterização da Expressão da Conexina 43 Miocárdica na Doença de Chagas Crônica

2º Lugar
Nome do programa: Medicina e Saúde Humana da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública (Mestrado)
Nome do aluno: André Luiz Lisboa Cordeiro
Título do trabalho: Treinamento Muscular Inspiratório e Capacidade Funcional em Pacientes Submetidos à Cirurgia Cardíaca
 

Confira a galeria de fotos.