Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
Notícia
Bahiana realiza XIV Feira de Saúde na Paróquia de Brotas
Evento teve consultas gratuitas de diversas especialidades médicas.
A Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública promoveu, no último sábado (26), a XIV Feira de Saúde na Paróquia de Brotas. O evento ocorreu no Centro Comunitário, ao lado da Igreja Nossa Senhora de Brotas, e contou com a participação da comunidade local, de alunos, professores e médicos da Bahiana.
 
A feira teve foco na promoção da saúde e prevenção de doenças e ofereceu atendimentos gratuitos em pediatria, ortopedia, oftalmologia, ginecologia, educação postural, prevenção da saúde, informações sobre o câncer de mama e de colo de útero e vacinação. Foram também disponibilizadas instruções sobre a escovação de dentes e serviços de corte de cabelo.
 
     

A coordenadora do evento, Dra. Eliana de Paula, ressaltou a importância da feira: “é uma oportunidade das mais especiais para nós todos. Já há 14 anos que participamos, juntamente com o grupo de voluntários da Paróquia Nossa Senhora de Brotas, da organização dessa feira. Esse evento está alinhado com os valores da Bahiana. É uma grande oportunidade, na qual o nosso corpo docente e discente se vê aplicando, no dia a dia, os seus conhecimentos. Mas não é só uma questão técnica, é muito mais uma questão de interação, de relações interpessoais, de servir à comunidade que tanto nos dá”.
 
A colaboração entre a Bahiana e a Paróquia de Brotas na idealização desse evento viabiliza uma série de benefícios para a comunidade, conforme explica Paulo Simoni, presidente do Centro Social Comunitário: “é um benefício muito grande, porque tem pessoas carentes aqui que não têm plano de saúde e, muitas vezes, precisam marcar pelo SUS”.
 
     
 
O evento teve a presença de muitas pessoas da comunidade de Brotas. Muitos moradores já frequentam a feira há bastante tempo. Rosa dos Santos, que utilizou o serviço de atendimento clínico, relatou sua experiência: “Acho muito bom. Eu moro aqui perto, frequentoi a paróquia e todo ano eu participo para fazer uma avaliação”.
 
Um dos temas muito enfatizados na ocasião foi “Saúde da mulher”. Estudantes fizeram atividades de conscientização relacionadas à temática. A professora Cristiana Gomes, que leciona uma disciplina relacionada à saúde da mulher, na Bahiana, fala sobre como a medicina preventiva precisa estar em evidência: “Para os acadêmicos, é muito importante participar e se inserir na realidade das pessoas, promovendo a prevenção de câncer de colo de útero, do câncer de mama e tantas outras doenças, como diabetes e hipertensão”, disse ela.
 
     
 
Um grupo bastante ativo na Feira de Saúde foi o dos médicos da Bahiana que estavam realizando as consultas. Dr. Luiz Queiroz, coordenador da Clínica Ambulatorial, falou sobre o impacto que uma feira gratuita como essa tem na sociedade: “Primeiro, impacta pessoalmente, fortalece em nós a mentalidade do serviço, faz com que a gente fortaleça a ideia de que estamos aqui para servir ao próximo e, ao mesmo tempo, é educativo, porque a Escola Bahiana de Medicina é uma escola de saúde e precisa ensinar aos nossos estudantes que o serviço é a parte mais importante da área da saúde”, afirmou.
 
Joilson Barreto, estudante do 1º semestre de Medicina, destacou o caráter agregador da atividade: “Como estudante do primeiro semestre, eu vejo a feira como oportunidade de a gente estar tendo o primeiro contato, no caso, com a comunidade mesmo, com os próprios pacientes”.
 
     

Entre os colaboradores da feira, estava presente também o Hospital Humberto Castro Lima (HHCL), referência no ramo da oftalmologia. O Dr. Iram Cerqueira, que estava entre um dos representes do hospital, falou da relevância de participar dessa atividade: “A importância da ação social, no sentido da oftalmologia, é chamar atenção para a saúde dos olhos mesmo. O hospital é uma instituição filantrópica que trabalha com o SUS, e a gente tem esse objetivo de estender, ir além das fronteiras, e mostrar, para quem não conhece, a qualidade do serviço que a gente presta lá, sempre com enfoque no ser humano e, mais do que tudo, na saúde ocular”, disse ele.


Confira as fotos.