Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
Notícia
Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública ganha Centro de Pesquisa

Novo espaço vai proporcionar a partilha de equipamentos e a oportunidade de despertar a vocação de novos pesquisadores.

"Um cenário para desenvolvimento de talentos e descoberta de vocações científicas, para que o pesquisador não apenas tenha a oportunidade de ler a ciência transcrita através de um livro, mas contribuir com o fazer científico. A Bahiana é uma instituição que se diferencia, porque ela tem um cenário atípico, à frente de seu tempo, no acompanhamento do desenvolvimento científico e tecnológico". Dessa forma, o professor Diego Menezes, que, no início de 2016 era coordenador de Pesquisa e Inovação da Bahiana, descreve o Centro Compartilhado Multidisciplinar inaugurado no dia 9 de maio, na Unidade Acadêmica Brotas. A solenidade contou com a presença de diversos gestores, pesquisadores e professores da instituição e foi um momento de celebrar mais uma ação que leva a Bahiana ao patamar diferenciado no que tange à pesquisa científica.

     

"A Bahiana sabe de seu compromisso e sua responsabilidade social em promover o desenvolvimento de pesquisa científica, dando a oportunidade a professores e alunos de terem um espaço para desenvolver pesquisa. Então, essa é a oportunidade de aparecerem novos talentos. Muitos professores e alunos vão ter suas vocações despertadas a partir das pesquisas feitas dentro da Bahiana, a exemplo dos alunos de iniciação científica. E estamos no momento de focar na pesquisa e inovação. É, efetivamente, o momento de nos voltarmos a novas ideias, para que possamos trazer inovação para o país", declarou a reitora da Bahiana, Prof.ª Dr.ª Maria Luisa Carvalho Soliani.

"O centro vai congregar todos os núcleos de pesquisa da Bahiana oferecendo uma infraestrutura própria para a pesquisa científica com equipamentos de última geração" explica a gestora do espaço, Dra. Alene Azevedo dos Santos. 

     

O professor Atson Fernandes, coordenador de pesquisa e inovação da Bahiana, aponta que um dos benefícios do centro é evitar a duplicidade de materiais e as possibilidades de compartilhar os equipamentos adquiridos pelos projetos de pesquisa. "O propósito aqui é tornar esse centro multiusuário. Temos hoje muitos pesquisadores que captam recursos e equipamentos e a ideia é disponibilizar esses recursos para toda a comunidade acadêmica. Temos outro projeto que é cadastramos todos os equipamentos no site para facilitar a vida do pesquisador e evitar a duplicidade de material, otimizando recursos. E fortalecer nossas parcerias com outras instituições, também para a partilha de equipamentos. Esse centro vai representar essa área de inteligência, de compartilhamento e troca de ideias porque temos bons pesquisadores e precisamos aproximá-los e, a partir das ideias compartilhadas, crescermos mais a instituição no campo da pesquisa e da pós-graduação".


Confira as fotos.