Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
Notícia
Novos da Bahiana acontece na Unidade Acadêmica Cabula

Programação marcou a abertura do ano letivo, dando boas vindas aos calouros.

“Essa instituição é uma referência que eu tenho de família. Meu pai estudou aqui, inclusive eu tinha passado em outra faculdade, tranquei, voltei para o cursinho só para estudar na Bahiana”, relata Tiago Figueiredo, 20 anos, calouro do curso de Medicina que esteve presente no Novos da Bahiana 2015.2, recepção aos novos alunos da instituição que aconteceu no dia 17 de julho, na Unidade Acadêmica Cabula.
 

 
O evento marcou a abertura do semestre letivo, dando boas vindas aos calouros e contou com a apresentação do Coral Canta Bahiana e a dramaticidade da diretora teatral Meran Vargens que apresentou a palestra dramática “Arte: ampliando a percepção de si, ampliando a percepção de mundo”.
 
Estiveram presentes a diretora da Bahiana, Prof.ª Dr.ª Maria Luisa Carvalho Soliani, a coordenadora de Ensino de Graduação e Pós-Graduação, Prof.ª Maria de Lourdes de Freitas Gomes, a coordenadora de Desenvolvimento de Pessoas, Prof.ª Luiza de Oliveira Kruschewsky Ribeiro, o coordenador de Administração e Finanças, Emanoel Olimpio Alves de Souza e os coordenadores dos cursos de Medicina (Prof.ª Eliana de Paula), Biomedicina (Prof. Geraldo Argolo), Educação Física (Prof. Clárcson Plácido), Enfermagem (Prof.ª Cristiane Magali), Fisioterapia (Prof.ª Luciana Bilitário), Odontologia (Prof. Urbino Tunes) e Psicologia (Prof.ª Sylvia Barreto).
 
Segundo a Dra. Maria Luisa, a recepção foi um momento de renovação e gratificação tanto para os novos alunos como para todo o corpo docente da Bahiana. “Cada ano é único e muito renovador para todos nós, pois recomeça um ciclo de aprendizado, onde acolhemos os alunos e acompanhamos todo o seu período de formação”, conclui.
 
“Passar na Bahiana foi à realização de um sonho, pois sempre almejei estudar aqui”, relata o calouro do curso de Biomedicina, Mauricio Galvão,18 anos que ficou muito feliz  ao ingressar na instituição e suas expectativas com o curso são as melhores possíveis.
 
A calourada foi muito emocionante e teve a participação efetiva de todos os coordenadores, diretores, docentes e calouros. “É uma experiência inovadora e de extrema importância, pois à medida que recepcionamos um calouro temos a oportunidade de mostrar para ele a cara da Instituição e um pouco da essência do trabalho que iremos desenvolver”, explana a gestora do Núcleo de Atenção Psicopedagógica (NAPP), Prof.ª Angélica Mendes.
 
“É um misto de nervosismo e emoção, pois foram anos de dedicação para ter esse presente de estudar na Bahiana. Muitos amigos meus estudam aqui e sei que posso confiar na competência e tradição de uma escola tão bem conceituada em Salvador”, emociona-se Juliana Bahia, 18 anos, caloura do curso de Odontologia .
 
Confira as fotos.