Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
Notícia
Serviço de Terapia Ocupacional realiza exposição de talentos na Unidade Acadêmica Brotas

Iniciativa é desenvolvida pelo Serviço de Terapia Ocupacional do ADAB.

No dia 3 de junho, a Escola Bahiana de Medicina promoveu a Exposição “Um pouco de cada um”, na Unidade Acadêmica Brotas.

A programação foi desenvolvida pelo Serviço de Terapia Ocupacional do Ambulatório Docente-Assistencial da Bahiana e contou com trabalhos dos pacientes dos programas de saúde do idoso e de saúde mental. As atividades desenvolvidas nesses programas têm o objetivo de ressignificar o cotidiano dessas pessoas.

O Serviço de Terapia Ocupacional trabalha com os três níveis de atenção à saúde, compostos por: promoção à saúde, tratamento e reabilitação. Segundo a coordenadora do Serviço de Terapia Ocupacional, Sofia Campos, a exposição é válida como tratamento terapêutico desses grupos. “Trabalhamos com programas integrados que são o de saúde do idoso, saúde mental e de atenção à saúde da criança e do adolescente. Essa exposição é um resultado dos trabalhos que desenvolvemos ao longo do semestre, por meio de atividades artísticas e expressivas, visando à promoção de saúde dessas pessoas”, explica.
 


A integrante do grupo dos idosos, Marivalda Souza, 65 anos, relata que as atividades são muito interativas e que há uma troca de experiências entre os integrantes dos grupos facilitando, assim, o tratamento. “É uma experiência maravilhosa e muito prazerosa. Sou amiga de todos e desenvolvendo esses trabalhos, surte muito efeito na minha vida, pois tenho a oportunidade de trocar experiências com pessoas novas”, conclui.

O trabalho desenvolvido pelo terapeuta ocupacional consiste em realizar atividades ocupacionais e de lazer no tratamento de distúrbios físicos ou mentais, desajustes emocionais e sociais. O tratamento utiliza tecnologias e atividades diversas para promover a autonomia de indivíduos com dificuldade de integrar-se à vida social, em razão de problemas físicos, mentais ou emocionais. A terapeuta do Serviço de Terapia Ocupacional da Bahiana e especialista em gerontologia, Ana Cláudia Braga, relata que as atividades no centro com os idosos é muito rica, pois há uma troca de conhecimentos muito grande. 

“Trabalhamos com o idoso e um dos grupos é o ‘Trocando Habilidades’, nós reunimos semanalmente para dividir um pouco do conhecimento de cada um e o idoso tem necessidade de trocar experiências e aprender. Eles mesmos trazem as ideias de trabalhos e compartilhamos”, finaliza.